Rolando no #ViveiroRenascer

Conheça a Cordilheira Branca, o "Himalaia" peruano


Com picos com mais de 6 mil metros, a região atrai alpinistas do mundo inteiro. 

Embora o Himalaia receba toda a atenção quando se trata de trilhas em altitudes elevadas, a Cordilheira Branca do Peru oferece a solidão das grandes montanhas com muito menos incômodos do que as principais rotas da Ásia. É também uma alternativa às hordas que se dirigem à Trilha Inca, em Machu Picchu. As montanhas são importantes aqui – a Cordilheira Branca possui uma das concentrações mais altas de grandes picos no ocidente, com 33 picos de 5.500 metros de altura, e 16 acima de 6.000 metros, incluindo Huascarán, de 6.800 metros, a montanha mais alta do Peru. Tudo isso está espremido em um corredor de 21 km de largura e 180 km de comprimento.

Inúmeras trilhas épicas mergulham nesses picos subtropicais e glaciais, mas a Santa Cruz oferece um pouco de tudo em quatro dias. Esta pode ser a maneira mais fácil de curtir a altitude, se é que isso é possível, uma vez que atravessa a passagem de Punta Union, com mais de 4.700 metros. A trilha cruza a dramática espinha dorsal do continente, mas não se vê apenas a região selvagem capaz de deixa-lo tonto e sem ar. A trilha começa na animada cidade de Huaraz, conhecida como a "capital das trilhas do Peru", onde você pode contratar guias ou simplesmente se encontrar com pessoas que queiram se aventurar no Santa Cruz sem apoio, ou até mesmo tentar rotas mais ambiciosas, como o Circuito Huayhuash de 11 dias, que cruza Punta Coyoc, de 5.500 metros.

Recomendado para: Viajantes e “trilheiros” sul-americanos que buscam uma experiência além da Trilha Inca; “trilheiros” à procura de trilhas mais altas sem ter que subir o Himalaia: 48 km.

Quando ir: De abril a setembro. O clima é incrivelmente confiável para montanhas tão altas.

Dica: Em Huaraz, o Cafe Andino é o melhor lugar para tomar um café e obter informações sobre a rota de outros caminhantes e da empresa de viagens de aventura La Cima Logistics, especialmente porque os recentes deslizamentos cobriram partes de Santa Cruz.

©Viveiro Renascer 2017; Todos Direitos Reservados