Rolando no #ViveiroRenascer

Os segredos do cultivo do Tomate invertido/ Upside down


É uma maneira eficiente de cultivar tomate em pequenos espaços

O cultivo de plantas de ponta cabeça, é uma maneira eficiente e curiosa de se cultivar vegetais. A técnica é excelente para centros urbanos, pois cumpre a função de produzir alimentos em pequenos espaços e ainda tem uma forma estética interessante. Em uma pequena sacada, por exemplo, é possível montar o sistema e produzir vegetais.

O tomateiro se adapta perfeitamente a esse tipo de cultivo, produzindo muito bem. Vale lembrar que outras espécies também podem ser cultivadas desta maneira. A técnica "Grow upside down", é muito conhecida fora do Brasil, existem até empresas que vendem vasos e suportes adaptados para o cultivo neste modelo.

Cultivo de tomate invertido/ Upside down

Montagem do recipiente

1) Escolha um recipiente. Ele vai desde uma garrafa pet de 2,5 litros, até vasos, baldes, entre outros, fazendo as devidas adaptações. O tamanho fica a seu critério, mas vale lembrar que em um recipiente muito pequeno o desenvolvimento da planta será prejudicado.

2) Abra um orifício na parte do fundo do recipiente, com diâmetro suficiente para passar a muda que virá na sequência.

3) Coloque uma alça no recipiente, partindo do fundo, logo o orifício aberto ficará na parte superior e a boca do galão ficará para baixo. Escolha um material forte, pois essa alça terá que suportar o peso do recipiente com a terra e a planta, que irá crescer e produzir, aumentando o peso, por um bom tempo. O Cultivo ficará suspenso.


Escolha da Muda

Escolha uma muda vigorosa, com aproximadamente 12cm de altura, mas que consiga passar pela boca do recipiente escolhido. É muito importante que a muda esteja com o torrão, manuseie a muda com cuidado para que o torrão não desmonte. A variedade Tomate Cereja Pendente Yubi é a planta ideal para esse cultivo, mas é facilmente substituível por outras espécies.


Transplante para o Recipiente

Enrole a planta com o torrão em um pano, como se fosse formar um funil, de maneira que fique fechado na base do caule e aberto na parte das raízes. Quando colocada de ponta cabeça no recipiente o pano será uma barreira para que a terra e a muda não caiam. Lembrando que esse pacote muda/pano tem que ter um diâmetro superior ao da boca do galão, para que não passe pelo orifício.


É interessante colocar uma primeira camada de areia. A areia irá funcionar como um filtro, para evitar que a terra/substrato saia do recipiente com a água da irrigação. Assim teremos duas barreiras, antes de colocar a terra, o pano e a areia. 


Complete o recipiente com uma terra rica em nutrientes e matéria orgânica ou utilize um substrato comercial apropriado. Mantenha regas frequentes, cuide para que pragas e doenças não destruam a planta, pendure o sistema onde tenha luz solar por no mínimo quatro horas/ dia. Espere a Planta crescer e produzir! 


Dica extra

Se a garrafa utilizada for transparente é melhor pintá-la ou envolvê-la de algum material que não deixe a luz do sol incidir nas raízes. 

Adblock Detectado

Você gosta desse conteúdo? Então nos ajude desativando o Adblock

Você pode desativar o seu adblock só em nosso domínio, ajude-nos a continuar levando conteúdo relevante para você :)

Muito obrigado, Viveiro Renascer

×